Receita: tortelli di zucca (abóbora) mantovano
Carla Vilhena
16 set 2016


Como vimos no post sobre Mantova, um dos pratos típicos da região é o tortellini, e o mais característico é o tortelli di zucca (abóbora). Tortellini é o tortelli pequeno. Dá um pouco de trabalho, mas vale a pena. Você pode preparar o recheio com antecedência e deixar na geladeira de um dia para o outro, para apurar o sabor. A massa fresca deve ser preparada e utilizada prontamente; depois de prontos, os tortellini podem ser guardados na geladeira ou congelados, bem separados para não grudar. Depois de congelados, você pode colocá-los em sacos plásticos tipo “zip”.

Para fazer os tortelli, faça 400g de massa fresca conforme ensinado no post de massa caseira. Guarde a massa pronta envolta em filme plástico para não ressecar.

Recheio:

1 kg de abóbora

200 g de parmesão ralado (grana padano, de preferência)

2 ovos

1 gema

noz-moscada ralada

pimenta branca moída

pimenta2

Modo de preparo:

Cozinhe a abóbora até quase desmanchar, no forno ou no vapor. Passe a abóbora por um espremedor de batatas e depois, aperte com um pano para retirar a água. Misture a abóbora cozida aos ovos, à gema, ao queijo e à noz-moscada e pimenta a gosto. Reserve na geladeira de um dia para o outro.

Abra a massa caseira com o rolo, numa espessura bem fina, ou use a máquina de massa na regulagem mais fina. Corte quadrados de massa de 5 cm de lado (tortellini) ou 8 a 9 cm de lado (tortelli) e recheie com uma colher da mistura de abóbora.

tortelli2

Mergulhe o dedo em água filtrada e molhe as bordas do quadrado.

tortelli4    tortelli5

Dobre em triângulo e depois, una as pontas do triângulo formando um anel.

tortelli6    tortelli7

Cozinhe em água fervente abundante com sal por poucos minutos, até que subam à superfície. Sirva imediatamente, bem quente, com manteiga derretida e parmesão ralado, de preferência grana padano ou, melhor ainda, parmigiano reggiano.

(fotos retiradas de mecanismos de busca)









3 comentários


///////////////

  1. Pingback:Mantova, a Avalon italiana - Carla Vilhena

  2. Marilda Carvalho Turrini

    Pode acrescentar um bocado de biscoitos amaretti moidos no recheio, dá um toque especial. bjs!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sugeridos para você:

///////////////