Nicette e Paulo, 60 anos de amor e companheirismo
Carla Vilhena
24 out 2016


Uma das entrevistas mais incríveis que já fiz foi com a grande dama do teatro e da TV, Nicette Bruno, com um toque triste: a morte, em março de 2014, do marido e companheiro nas artes, Paulo Goulart. Nicette e Paulo se casaram em 1954 e viveram juntos por 60 anos, até o fim da vida dele. Tiveram três filhos, todos atores, e deixaram na memória dos brasileiros um exemplo de amor conjugal.

Cheguei à casa de Nicette e a encontrei em companhia da filha, Beth, a mais conhecida. Com cuidado, ela ajudava a mãe a se arrumar para a entrevista. Nicette, como sempre impecável, me recebeu com todo carinho. Desde o início, se dispôs a falar com muita admiração do marido.
Por cerca de quarenta minutos, falou da história dele no teatro, como ela o conheceu, o diretor que presenciou o interesse do rapaz Paulo pela já famosa Nicette, o primeiro trabalho…

Mas foi quando eu perguntei sobre o dia a dia do casal que Nicette se emocionou. Lembrou o marido dedicado, atencioso, sempre elogiando sua aparência. Mostrou o escritório onde ele ficava durante o dia e a cadeira onde se sentava. Falou da relação dele com os filhos. Vaidosa, disse que nunca se apresentava para o marido sem antes passar maquiagem e arrumar o cabelo. Chegou até a chamar minha atenção pelo meu desmazelo, interrompendo a entrevista para que eu pudesse “passar um batonzinho”…

Uma lição de amor

Ao final, vendo como todos nós da equipe ficamos emocionados com a história daquele amor, chego à conclusão que a admiração pelos grandes feitos do companheiro é, sem dúvida, válida. Mas o que mais faz falta, realmente, são os pequenos gestos de carinho do cotidiano: o lugar que ficou vazio na mesa do café dói mais do que tudo.

Veja a reportagem aqui.

 









4 comentários


///////////////

  1. Gabi Amorim

    Carla, que entrevista linda, bem conduzida. Amor lindo dos dois… emocionante

    1. Carla Vilhena

      Obrigada! Eu saí de lá muito impressionada e, por que não, desejando um amor daqueles pra mim…

    1. Carla Vilhena

      Izzy, muito obrigada e volte para ver os outros posts. Você vai gostar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sugeridos para você:

///////////////