Menu
Um lugar chamado Notting Hill – a chegada a Londres
i
01
AGO
Um lugar chamado Notting Hill – a chegada a Londres

Já expliquei aqui sobre a viagem que eu e meu marido fizemos no ano passado. Agora, vamos contar como foi. Primeira parte: a chegada a Londres!

E por que Londres? Primeiro, porque minha amiga querida, Gabriela, que me ajudou a criar o blog, se mudou para Londres há um ano e eu não aguentava mais de saudades. Segundo: adoro a Grã-Bretanha e desde que estive lá, há trinta anos, sempre sonhei em voltar. Sim, já fazia trinta anos da minha primeira viagem.

O que eu iria encontrar, desta vez?

Resolvemos ficar hospedados de forma bem britânica, numa casa típica, de uma rua típica, num bairro típico. Não havia muitos turistas por ali, e pudemos desfrutar de uma rotina quase igual à de um nativo. Como alugamos um apartamento, tivemos que fazer nossas comprinhas e viver como se estivéssemos morando ali. Veja o vídeo que mostra o momento de nossa chegada a Londres:

Ficar assim num outro país é muito legal, pois tivemos a oportunidade de frequentar mercadinhos e lojinhas bem locais, sem aquele afluxo às vezes irritante de hordas de turistas.

Um dos muitos brechós da Portobello Road

Portobello Road, num lugar chamado Notting Hill

A rua que eu cito no vídeo, Portobello Rd., fica no bairro charmosíssimo de Notting Hill. Sim, você já conhece bem esse nome! Quem não suspirou ao ver aquele Hugh Grant atrapalhado de tanto amor por Julia Roberts, no filme “Um lugar chamado Notting Hill”?

A famosa livraria onde Hugh Grant conhece Julia, no filme, esteve fechada por anos. Felizmente, agora reabriu e funciona no mesmo lugar.

Outro atrativo do bairro são as inúmeras lojinhas de antiguidades e a feira, que eu cito no vídeo, que acontece todo fim de semana.

A famosa Portobello Road

Restaurantes e mercadinhos charmosos, além de deliciosas docerias, compõem esse simpático quarteirão, que parece que parou no tempo. Veja esta, onde me apaixonei pelo bolo de cenoura (carrot cake).

E o melhor: como na maior parte de Londres, duas estações de metrô (Underground, ou Tube, como eles dizem), Notting Hill Gate e Ladbrock Grove, tornam o bairro muito acessível, além de contar com várias linhas de ônibus.

Então, vamos passear!

 

COMPARTILHE
por Carla Vilhena
Facebook Twitter Google Plus Pinterest WhatsApp E-mail
COMENTÁRIOS
(14) Comentário(s)
  1. Edna disse:

    Adoroooo seu blog vc explica muito bem cada lugar visitado !!! Parabéns ????nesse❤️ enorme

    1. admin disse:

      Que legal, Edna! A intenção é passar mesmo esse sentimento, de proximidade com o local visitado, para que vocês participem da viagem comigo.

  2. Roberta disse:

    Londres é fantastica, sua forma poética e objetiva deixa a cidade muito mais atrativa, vc nasceu pra esse blog, consegue colocar todo sei talebto jornalistico de uma forma usual porem elegante, meus parabens

    1. admin disse:

      Muito obrigada, Roberta! Londres é mesmo um lugar único e especial. Fico feliz que você tenha gostado.

  3. Simone Gaudêncio disse:

    Olá Carla. Amei sua descrição de Londres, está no meu roteiro para futuras viagens. Amarei conhecer a livraria. Esse ano já marquei minhas férias e vou ao México.
    Gostaria de saber se você já foi para o México e como foi sua experiência lá. Estou de viagem marcada, ficarei 24 dias. Porém, sempre viajo sozinha, e gosto de saber das experiências de outras pessoas. Principalmente de dicas para quem viaja solo.
    Beijos e continue com o site, está incrível.
    Parabéns.

    1. admin disse:

      Simone, sinto não poder te ajudar. Estive apenas em uma praia do México durante um cruzeiro há mais de vinte anos. Quem sabe não será você a me dar dicas?

  4. Belas fotos. O que mais me chamou a atenção é que as casas não tem muralhas na frente, como as que se fazem no Brasil para proteção contra ladrões. Ah, deu uma vontade de mudar de país!

    1. admin disse:

      Isso é uma coisa que chama a atenção realmente, Jackson. É lamentável que nós tenhamos nos acostumado a viver acuados, com medo, como se isso fosse normal. É bom saber que, pelo menos em outros lugares, as pessoas não vivem assim, e aspirar a que tenhamos um dia a tranquilidade que merecemos em nosso país.

  5. Rodolfo disse:

    Que luxo de lugar. Tudo tão chique e ao mesmo tempo parece tão aconchegante, lembra uma época boa que já passou. Um dia ainda vou conhecer aí!

    1. admin disse:

      Rodolfo, vale a pena, pois não é à toa que Londres é um dos principais destinos turísticos do mundo. Espero que você realize em breve sua viagem!

  6. Maria Eunice Marques Vilhena disse:

    É sempre muito gostoso você partilhar conosco o seu espírito aventureiro, sei bem quão nômade você gostaria de ser, curto tudo que você publica e aprendo muito. Muito obrigada, filha, pelo que você já nos proporcionou e continua proporcionando. Sua mamãe.

    1. admin disse:

      Você mais do que ninguém sabe o quanto sou realizada quando vivo dessa forma. Obrigada pelo apoio e pela força de sempre, mãe!

  7. Ruslan disse:

    Apaixonado por você. Possui instagram Carla?

    1. admin disse:

      Sim, Ruslan, é o @carlavilhenaa
      Obrigada!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato:
(11) 99795-9819 Carlos Monnerat - horário comercial
Newsletter:
© Copyright 2018 - Carla Vilhena. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site by Miss Lily