De volta aos clássicos
Carla Vilhena
22 jun 2016


Mundo da Tecnologia

Depois da chegada dos smartphones, estamos cada vez mais habituados à facilidade de ter sempre à mão notícias, internet, redes sociais, e-mail, todas essas pequenas distrações que podemos acessar a qualquer momento. Tudo acontece na velocidade da luz. Atualizações a cada instante mudam o que parecia estabelecido minutos atrás. É uma exigência do mundo atual: estar sempre conectado. Sem perceber, acabamos perdendo a capacidade de nos concentrar em leituras mais profundas. Lemos notícias no twitter, no facebook, ou mesmo apenas nas chamadas dos sites, sem nem clicar para abrir os textos. No fim do dia, como na música do Kid Abelha, sabemos “de quase tudo um pouco, e quase tudo mal”. Por isso, o que tenho a propor aqui é… uma volta aos clássicos!

 

O que é um e-reader?

Sempre fui habituada a ter livros como parte importante do meu dia. Costumava ler três ou quatro ao mesmo tempo. Mas o smartphone e a própria vida corrida de repórter estavam acabando com esse hábito. Foi então que meu filho pequeno pediu um e-reader de aniversário.

O e-reader, ou leitor de livros digital, não sei se todos sabem, é um dispositivo para leitura onde você pode fazer download de várias obras literárias. Ele armazena um número incrível de livros e não emite luz na tela, portanto pode ser usado sob o sol e não cansa a vista. Só isso já seria incrível: poder carregar vários livros na bolsa em um único dispositivo do tamanho de um livro de bolso. Comecei a usar o do meu filho, até descobrir o melhor: existe também um aplicativo que você pode baixar no seu celular ou tablet, e fazer todos os downloads no seu próprio aparelho.

WhatsApp-Image-20160622 (2)
Depois disso, minha vida mudou.

Vários livros, principalmente clássicos, já são de domínio público, portanto podem ser baixados de graça. Mesmo os livros virtuais pagos têm, muitas vezes, preço bastante acessível. Agora, eu tenho o aplicativo no celular e no tablet. Quando estou na espera do médico, do dentista, do futebol das crianças, dentro do avião, no aeroporto aguardando um voo, estou sempre lendo. O aplicativo retoma a leitura do ponto onde você parou. Sugere livros. Aumenta ou diminui a letra. Quando online, tem até dicionário à disposição para as palavras desconhecidas. Um show.

Facilidade sempre à mão

Qualquer momento agora é hora de atualizar minhas leituras. Já mencionei que os clássicos são na maioria grátis. Então, aproveitei para reler alguns que já havia lido na adolescência. Outros eu não conhecia e tive a grata surpresa de ver que não são chamados de clássicos por acaso.

WhatsApp-Image-20160622 (1)

Aqui vão então algumas dicas de livros que você pode baixar gratuitamente e se deliciar.

– O Guarani, de José de Alencar – Aventura surpreendente de um índio (Peri) que tem adoração por uma moça branca (Ceci) e faz de tudo para protegê-la, na época do Brasil colônia.

– O Ateneu, de Raul Pompéia – História de um menino num colégio interno, em português sofisticado e texto inteligente. Um livro que carrega uma injusta fama de chato, mas que me surpreendeu pelo texto afiado e interessante. Talvez venha sendo indicado para adolescentes na hora errada.
livros– A Relíquia, de Eça de Queiroz – História divertidíssima e irônica sobre um rapaz que quer se aproveitar da fortuna da tia beata e avara. Para conseguir a herança da tia, ele finge ser carola e faz uma viagem à Terra Santa, de onde deve trazer para ela uma “relíquia”.

– O Cortiço, de Aluísio de Azevedo – uma sátira sobre um homem que quer ascender socialmente e fazer fortuna alugando quartos num cortiço. As histórias dos moradores são ora cômicas, ora trágicas, e vão se emendando numa grande colcha de retalhos.

 

Aproveite bem sua leitura e sinta o valor de um verdadeiro clássico da nossa língua.









13 comentários


///////////////

  1. Leandro Sousa

    Os e-readers podem até não suprir o prazer de pegar um livro, sentir o cheiro de novo ou de mofo, de contemplar a textura das folhas, mas, nos trouxeram disposição e tempo para leituras prazerosas. O barato é que você pode ler o que quiser na hora quiser. A gente acostuma! Tenho tanto ciúmes da minha biblioteca virtual quanto dos meus livros físicos. Na era das redes sociais, dos smartphones conectados com todos e tudo, eles acabam sendo uma válvula de escape para a confusão informacional. Boa dica!

    1. Carla Vilhena

      Os virtuais ajudam muito a ler nesse dia-a-dia corrido. Mas a relação afetiva com o papel vai existir sempre. Obrigada pela participação!

  2. J Victor

    É uma opção interessante pra ler sem precisar pagar ou pra quem quer ter vários livros num só dispositivo, mas eu particularmente não troco um livro físico por um digital, a sensação, o cheiro, é muito bom poder sentir o livro. Mas é muito interessante pra ter sempre um livro por perto, nunca se sabe quando vai ter um tempinho livre pra dar uma lida haha. Ótimo post 🙂

    1. Carla Vilhena

      Para mim, os e-readers vieram acrescentar, e não substituir. Os livros “de verdade” continuam nas minhas prateleiras, mas os virtuais vão comigo a todo lugar. Muito obrigada pelo comentário!

  3. Luiz Almeida

    Adorei visitar sua página. Realmente a literatura clássica é sempre uma boa pedida e sempre tem algo de novo a acrescentar.
    Um grande abraço e sucesso.

  4. Luiz Almeida

    Essa Coleção da Abril Cultural fez-me lembrar de meu pai, a qual presenteou-me na minha adolescência, ainda quando preparava-me para prestar meu primeiro vestibular. Direto do Túnel do Tempo.

    1. Carla Vilhena

      Eu sou frequentadora de sebos e compro muitas dessas coleções. Realmente eram muito boas. Obrigada pela participação!

  5. Fabrício

    Sim, são livros que nos fazem voltar ao passado… Muito bom!

    1. Carla Vilhena

      Muitos me fizeram companhia por toda a vida, como os muitos de Machado de Assis que já reli várias vezes.

  6. Paulo Cesar Domenici

    Olá Carla,
    Ótimo texto! Adotei o e-reader desde que a Amazon veio para o Brasil.. acho que em finais de 2012 e de lá pra cá, li muitos livros e continuo lendo, pois os preços dos ebooks são bem mais em conta, sem contar que a Amazon todo dia traz ótimas promoçoes diárias de excelentes livros…

    1. Carla Vilhena

      Paulo, eu adotei em todos meus dispositivos, smartphone e tablet também, e uso muito. Já fiz várias pesquisas de preço e também me beneficiei de ofertas. Que bom que você gostou. Indique livros pra gente sugerir aqui no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sugeridos para você:

///////////////