Um hotel para não esquecer – Villa Cora
Carla Vilhena
18 ago 2016


Tenho que fazer um post especial sobre o hotel em Florença. Isso se deve ao fato de que raras vezes, como aqui, o hotel vira parte do passeio. No caso do Villa Cora, é um passeio, um museu, uma curiosidade e um privilégio. Então, vamos por partes:

O passeio

Perto da cidade de Florença, mas longe do agito e do burburinho da cidade. Para chegar ao Villa Cora, temos que atravessar um bairro com residências inacreditavelmente belas, cercadas por muito verde em ruas tranquilas. O hotel fica num bairro montanhoso, com muitas curvas e mirantes de onde se pode apreciar a beleza da cidade, como no piazzale Michelangelo (onde há a segunda cópia da estátua de Davi, de Michelangelo).

piazzale  piazzale2

O museu

O hotel está situado numa residência aristocrática do século XIX, construída por um barão alemão como um presente para a jovem esposa. O estilo é basicamente neoclássico,

11

mas com variantes bem interessantes na decoração, como esta sala de café da manhã com decoração mourisca.

20160721_193531

Os afrescos nos tetos e paredes foram todos restaurados, num trabalho minucioso que durou mais de três anos.

20160723_130517

Muitos dos móveis originais foram perdidos, mas os atuais proprietários se esmeraram na reconstrução de vários deles, baseados em desenhos da época.

Esta sala de jantar original mostra como viviam o barão e sua esposa.

20160721_193727

Alguns móveis são legítimos e estão em quartos de hóspedes e nos vários halls sociais.

A sala dos Espelhos é um espetáculo, com detalhes e estuques nas paredes e o teto todo revestido com afrescos.

20160721_193407

Um outro ambiente é dominado pela lareira inteiramente de mármore Carrara.

2

6

A curiosidade

Como eu disse, uma história intensa e trágica de amor está por trás da construção do prédio. Originalmente chamada de Villa Oppenheim, foi a casa que o barão Gustave Oppenheim construiu para sua amada noiva, Eugenia Fenzi.

20160723_131041

Os dois pertenciam a famílias de banqueiros e participaram do financiamento da obra do canal de Suez, no Egito. O casal costumava dar festas monumentais, que atraíam a alta sociedade da época. Entre os hóspedes famosos, passaram por lá o próprio imperador Napoleão III com a esposa, imperatriz Eugênia.

O amor do barão se converteu em desespero, ao descobrir que a amada, essa senhora aí abaixo, o traía.

20160723_131029

Fora de si, tentou incendiar a villa, no que foi felizmente impedido pelo chefe de polícia. Desiludido, o barão abandonou para sempre a casa e a cidade de Florença.

A casa passou por vários donos e recebeu outros hóspedes ilustres, como a própria imperatriz Eugênia, viúva de Napoleão III, que morou lá durante anos, e o imperador do Japão Hiroito. Até o compositor clássico Claude Debussy esteve por lá aos dezoito anos, quando se apresentou para a então proprietária, baronesa Von Meck.

Em 1960, a villa, já conhecida como Cora, por causa de um novo proprietário, passou a funcionar como hotel.

14

15

Há doze anos a casa foi comprada e restaurada para ser um hotel de luxo, depois de ter ficado décadas abandonada e quase todo o mobiliário ter sido vendido ou perdido.

O privilégio

Hospedar-se ali é uma experiência indescritível. Já na chegada, a recepção cuida para que tudo esteja conforme os mais altos parâmetros de conforto e exclusividade. O serviço é simplesmente perfeito. Nos quartos, todo o luxo possível.

20160723_130012

20160723_130054

20160723_130606

Nos dias de sol, tomar café na varanda é como estar num sonho.

IMG-20160723-WA0035  IMG-20160723-WA0036

O concierge resolve qualquer necessidade, como reservas e indicações de restaurantes ou entradas agendadas para os principais museus. Um privilégio, mas vale cada centavo. Veja esta piscina:

20160721_183839

20160722_124651

E o spa, com piscina aquecida de mármore!

20160722_205638

Enfim, para onde você olha, tudo que você fotografa, é absolutamente deslumbrante. Deixo com você as imagens, que falam mais do que as palavras. 9 8    7

 

10

IMG_20160720_225735

 

 









4 comentários


///////////////

  1. Gilson

    Nossa que maravilha de lugar Carlinha, um luxo, combinou perfeitamente com vc !

    1. Carla Vilhena

      Aí, que chique que você me considera à altura de um lugar tão lindo!

  2. Fernando J M Sales

    Conheço Florença (Firenze) e não tive chance de visitar tão belo e histórico local. As fotos traduzem a essência do ambiente e tem em sua beleza, com a permissão de esposo e filhos, o complemento ideal para tão valiosa tour.

    1. Carla Vilhena

      Fernando, a gente nunca esgota as belezas de um lugar como Florença. Tenho certeza de que, a cada vez que visitarmos a cidade, vamos descobrir novas maravilhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sugeridos para você:

///////////////